Perturbações dos Sons da Fala - A Intervenção

Perturbações dos Sons da Fala - A Intervenção
  1. A Relicário de Sons e o Instituto EPAP Portugal organizaram um conjunto de workshops na área da Motricidade Orofacial com a participação da Drª Sílvia Hitos.

Perturbações dos Sons da Fala - A Intervenção


Enquadramento

  Geralmente, até aos 5 anos de idade, as crianças vão “aprendendo”, gradualmente,  a produzir e a utilizar todos os sons da língua. No entanto, com algumas crianças, este domínio não ocorre de   forma espontânea e dentro da faixa etária esperada.

  As perturbações dos sons da fala podem decorrer de uma dificuldade motora/articulatória relacionada com uma alteração musculoesquelética, que exige uma intervenção reabilitadora das estruturas envolvidas bem como um trabalho articulatório/fonético.

  As dificuldades na produção dos sons da fala podem também estar relacionadas com o  conhecimento intuitivo e com a organização mental das diferentes unidades fonológicas, , deficitários ou ainda em fase de desenvolvimento.

  Desta forma, a intervenção terapêutica deverá abranger objetivos  que contemplem todos os aspetos necessários, seja das estruturas da face,  do desempenho articulatório ou a reorganização do conhecimento fonológico,  para que a reabilitação da fala ocorra eficientemente e no menor tempo possível.


Objectivos gerais e específicos

Objetivo Geral: Proporcionar aos formandos uma aprendizagem teórico-prática sobre a intervenção na reabilitação das Perturbações dos sons da Fala clarificando os objetivos da intervenção em motricidade orofacial na promoção do desempenho articulatório

Objectivos Específicos:

- Rever aspetos importantes sobre motricidade orofacial

- Adquirir conhecimentos teórico-práticos sobre a relação entre motricidade orofacial e a articulação

- Clarificar o papel da fonologia na produção de Fala

-  Elaborar planos de intervenção de acordo com os objetivos a atingir


Público-Alvo

Terapeutas da Fala e alunos finalistas do Curso de Terapia da Fala.


Duração

8 horas teórico-práticas


Calendarização

Dia 21 de Abril de 2015 // terça //  17h30>21h30 (Lisboa)

Dia 22 de Abril de 2015 // Quarta // 17h30>21h30 (Lisboa)


Conteúdos

- Princípios teóricos em motricidade orofacial

- A motricidade orofacial no desempenho articulatório

- A classificação articulatória, os traços fonéticos e a sua relação com a motricidade orofacial

- Como conduzir a intervenção? Reabilitação da motricidade orofacial, fonética/articulatória ou ambas?

- Atividades em motricidade orofacial promotoras de atividade articulatória

- Atividades de conhecimento fonológico ou metafonológico (consciência fonológica) - qual o seu papel na reabilitação das perturbações articulatórias?

- Discussão de casos clínicos


Investimento

1 workshop- 35 euros

2/3 workshops - 30 euros cada

>4 workshops - 25 euros cada


Resumo curricular da Formadora:

Sílvia Hitos

Fonoaudióloga Graduada pela Escola Paulista de Medicina/ UNIFESP em 1989.

Cursou aperfeiçoamento em fonoterapia na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo de 1990 a 1992.

Cursou aprimoramento na Associação Paulista de Odontologia do Estado de São Paulo em 2004.

Especialista em Motricidade Orofacial pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia desde 2005.

Mestre (2008) e Doutora ( 2012) em Ciências da Saúde pela UNIFESP.

Publicou vários artigos em imprensa leiga e em revistas científicas indexadas.

Escreveu capítulos em livros de  Pediatria e Odontologia.

Organizou o livro: Amamentação: atuação fonoaudiológica - Uma visão Prática e Atual.  2008  Ed. Revinter

Idealizou e coordenou o desenvolvimento do SOFTWARE MOTRISIS, desenvolvido pela CTS INFORMÁTICA.

Professora em Cursos de Especialização em Ortodontia.

Docente no curso de Graduação  em Fonoaudiologia e Odontologia na Faculdade Metropolitanas Unidas – FMU, São Paulo

 Orientadora no curso de Mestrado em Motricidade Orofacial e deglutição da ESSA - Escola Superior de Saúde do Alcoitão / Instituto E.PAP – Ensino Profissional, Avançado e Pós-graduado - Portugal.

Idealizadora do Jogo do Mico MOF, desenvolvido pela Relicário de Sons.

Docente de cursos á distância (EAD) na área da fonoaudiologia.


Tânia Reis

Terapeuta da Fala pela Escola Superior de Saúde Egas Moniz em 2006.

Mestranda em Linguística na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Docente na Escola Superior de Saúde Egaz Moniz nas disciplinas de Fonética e Fonologia, Linguística e Desenvolvimento e Perturbações de Escrita.

Formadora na Relicário de Sons (desenvolvimento de workshops, cursos, formações sobre Fala, Linguagem Oral e Escrita)

Responsável pela adaptação, implementação e supervisão de um Programa de  Estimulação da Consciência Fonológica em idade pré-escolar;

Co-Autora do “Os Sons D’a Relicário  -Treino do conhecimento fonológico: associação de onomatopeias aos sons da fala

Co-Autora do material de intervenção “Palavra, Sílba ou Segmento”

Co-Autora do material de intervenção “Quem faz este som?”

Co-Autora do “Livro de Exercícios de Consciência Fonológica  - Preparação para a Leitura e Escrita”





Partilhar no Facebook