Avaliação e Intervenção em Perturbações da Fluência /
29 e 30 de Maio

Avaliação e Intervenção em Perturbações da Fluência

Enquadramento

A gaguez é uma perturbação do neurodesenvolvimento que apresenta interrupções no discurso, de carácter variável, o que causa quebras involuntárias na comunicação (Smith & Weber, 2017). As quebras existentes no discurso da pessoa – disfluências – constituem a parte visível desta perturbação de fluência, que envolve, igualmente, uma parte não visível, expressa nas consequências experienciadas pela pessoa que gagueja (e.g., perda de controlo, dificuldades comunicativas, frustração/embaraço/ansiedade associada a momentos de gaguez, reações negativas dos interlocutores e impacto na qualidade de vida) (Guitar, 2014; Manning, 2010; Yairi & Seery, 2014; Yaruss & Reardon-Reeves, 2017). 


Sendo a gaguez uma perturbação multidimensional, é fulcral que o Terapeuta Fala a compreenda e avalie em todas as suas dimensões, com vista a uma intervenção documentada e eficaz da pessoa que gagueja.


1. Objetivos gerais

1.1- Aprofundar o conhecimento do Terapeuta da Fala acerca da avaliação de crianças que gaguejam

1.2- Aprofundar o conhecimento do Terapeuta da Fala na avaliação de adultos que gaguejam;

1.3- Aprofundar o conhecimento do Terapeuta da Fala na intervenção com crianças que gaguejam;

1.4- Aprofundar o conhecimento do Terapeuta da Fala na intervenção com adultos que gaguejam.


2. Objetivos específicos

2.1 Explorar os procedimentos de avaliação para crianças e adultos que gaguejam;

2.2 Explorar as diferentes abordagens de intervenção em gaguez;

2.3 Explorar a abordagem eclética de intervenção para adultos que gaguejam;

2.4 Explorar a abordagem eclética de intervençãopara crianças que gaguejam.


3. Programa

AvaliaçãoExploração dos procedimentos de avaliação para crianças e adultos que gaguejam

- Avaliação multidimensional em gaguez

- Procedimentos de avaliação para crianças e adultos que gaguejam

- Instrumentos específicos de avaliação para crianças e adultos que gaguejam


Intervenção em criança que gaguejam

Exploração da abordagem eclética para crianças que gaguejam

- Abordagens gerais de intervenção em gaguez

- Abordagem de intervenção centrada na metodologia de Fluency shapping Therapy

- Abordagem de intervenção centrada na metodologia de Stuttering Modification Therapy


Intervenção em adultos que gaguejam

Exploração da abordagem eclética para adultos que gaguejam

- Abordagens gerais de intervenção em gaguez

- Abordagem de intervenção centrada na metodologia de Fluency shapping Therapy

- Abordagem de intervenção centrada na metodologia de Stuttering Modification Therapy


4. Metodologia:

Método expositivo (componente teórica), interrogativo, interativo e demonstrativo (componentes teórica e prática)

Estratégia pedagógica: Exposição e explicitação teórica; Resolução de exercício(s) e/ou discussão de caso(s) clínico(s)


5. Avaliação:

Não aplicável. Classificação Final: Apto ou Não Apto.


6. Recursos:

Material de apoio multimédia (computador)


7. Público-alvo:

Terapeutas da fala e alunos finalistas do curso de Terapia da Fala.


8. Duração:

8 horas (4 horas em cada dia)


9. Calendarização:

29 e 30 de Maio


10. Local

Plataforma Zoom - A formação decorre na modalidade online


11. Investimento:
Até dia 13 de Maio de 2021:
100 euros 

Após dia 13 de Abril de 2021:
130 euros


Preço da formação para Sócios APTF/SPTF, Estudantes ou Ex.Participantes de formações RdS: -10%
Preço da formação para desempregados: - 15%
Desconto de grupo (>= 4 pessoas): -10 euros (não acumulável com outros descontos)

As inscrições serão aceites por ordem de candidatura e em função da área de formação dos candidatos, sendo consideradas após pagamento (os dados/procedimentos serão fornecidos após aceitação da candidatura para inscrição).


12. Resumo curricular da formadora:


Ana Rita Valente

- Licenciada em Terapia da Fala pela Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro

- Mestre em Ciências da Fala e da Audição pela Universidade de Aveiro

- Doutorada em Psicologia pela Universidade de Aveiro

- Investigadora no Instituto de Engenharia Eletrónica e Informática da Universidade de Aveiro no âmbito da multidimensionalidade do processo de produção de fala

- Docente no Mestrado em Terapia da Fala da Universidade de Aveiro

- Terapeuta da Fala em regime privado de 2007 a 2019






Partilhar no Facebook